COBERTURAS

Lucros Cessantes

Projetado para cobrir o pagamento do Lucro Bruto de sua empresa, que pode ser considerado como a soma do Lucro Líquido e das Despesas Fixas.

Por que contratar a cobertura de seguro de Lucros Cessantes?

O seguro de Lucros Cessantes foi projetado para cobrir o pagamento do Lucro Bruto de sua empresa, que pode ser considerado como a soma do Lucro Líquido e das Despesas Fixas, na proporção da queda de faturamento ou produção ocorrida e, principalmente, por você ter que fechar seu negócio temporariamente devido a eventos que fogem do seu controle (sinistro). É uma camada extra de proteção financeira que vai além das apólices de seguro mais comuns.

O seguro de Lucros Cessantes para micro, pequenas e médias empresas é frequentemente comprado como parte do Seguro Empresarial, como cobertura opcional. A garantia de manutenção de remuneração para seu sustento e de seus familiares, bem como a proteção de seu patrimônio em caso de acidentes (sinistro), garantem mais tranquilidade ao planejamento financeiro de seu negócio.

Por exemplo, se sua empresa pegar fogo, o seguro de Incêndio, Queda de Raio e Explosão pode ser usado para cobrir os danos materiais sofridos, mas não cobrirá o pagamento de despesas recorrentes e a perda do lucro líquido gerado. Como o incêndio afetará suas receitas (faturamento), o seguro de Lucros Cessantes garantirá por um período indenitário pré-definido, exemplo 4 meses, uma verba para você continuar honrando o pagamento de suas principais despesas recorrentes e também garantirá o Lucro Líquido, conforme a medição da extensão do dano (artigo 944 do Código Civil), atenuando o impacto financeiro em seu patrimônio.

Em geral, a cobertura começa alguns dias após o incidente e dura até que o local da empresa afetada se torne operacional novamente.

 

Como definir o valor do meu seguro de Lucros Cessantes?

Importante ter em mente que o Lucros Cessantes é a soma das Despesas Fixas e do Lucro Líquido, que é aquele obtido após o pagamento de todas as suas obrigações, inclusive as tributárias e previdenciárias. Desta maneira, deve-se incluir no Lucro Cessante não só as Despesas Fixas e o Lucro Líquido, mas também o que a sua empresa pagaria de previdência e imposto de renda sobre a média dos lucros.

Um bom começo seria analisando o demonstrativo de resultados de sua empresa, ou consultar seu contador, calculando a média mensal de suas despesas fixas e de lucro líquido e multiplicando pelo tempo máximo (em meses) que precisaria para retomar seus negócios. Por exemplo, imaginando que soma de despesas fixas e lucro líquido seja de R$ 15.000 e você precise de 6 meses de indenização para retomar seu negócio, o valor deverá ser de R$ 90.000 (R$ 15.000 multiplicado por 6 meses).

 

Em que situações posso contratar o seguro de Lucros Cessantes?

Como regra geral, a recomendação é refletir sobre a o impacto em suas receitas, o período de recuperação ou retomada do seu negócio, pelas seguintes coberturas:
Incêndio, Queda de Raio e Explosão;
Danos Elétricos, inclusive causados também pela Queda de Raio;
– Vendaval, Ciclone, Tornado e Queda de Granizo;
– Tumultos;

 

Definições importantes do Seguro de Lucros Cessantes

Despesas Fixas: são as despesas próprias do negócio que não guardam proporção direta com o movimento de negócios, podendo perdurar integral ou parcialmente após a ocorrência do incidente (sinistro).

Lucro Líquido: é o resultado diretamente gerado pelas atividades operacionais da empresa, antes da provisão para imposto de renda e após a dedução de todas as despesas operacionais, inclusive depreciações, amortizações e despesas financeiras líquidas (despesas financeiras menos receitas financeiras), não computados os resultados obtidos de empresas controladas e coligadas, as receitas e despesas não operacionais e a correção monetária do balanço. Se, porventura, as receitas financeiras superarem as despesas financeiras, o excesso verificado será desprezado, na fixação do lucro líquido para efeito do seguro.

Lucro Bruto: é a soma do Lucro Líquido com as Despesas Fixas especificadas da empresa na proporção em que perdurarem após o evento (sinistro), na falta do Lucro Líquido, o valor das referidas despesas menos a parte do prejuízo das operações, proporcional à relação entre o total das despesas especificadas e o total das Despesas Fixas da empresa. Uma outra forma de calcular o lucro bruto é pela diferença entre o faturado e o custo de fazer o produto ou prestar o serviço, antes de deduzir as despesas fixas, os impostos e o pagamento de juros.

Período Indenitário: é o tempo previsto para a retomada das atividades de sua empresa. O início do período indenitário coincide com a data da ocorrência do sinistro e seu término ocorre quando da reconstrução ou reparo do bem sinistrado, quando da recuperação do movimento de negócios ou do ritmo normal das atividades da empresa, e também, se ocorrer primeiro o término do período indenitário definido em seu seguro. Em geral, a cobertura começa alguns dias após o incidente e dura até que o local da empresa afetada se torne operacional novamente.

 

Você saberá que escolheu o seguro certo de Lucros Cessantes se ele garantir os danos ou perdas materiais como:

Despesas Fixas
– Lucro Líquido ou Lucro Bruto

 

O que a cobertura de Lucros Cessantes não cobre?

A transparência é um atributo importante para nós. Você deve ler atentamente as condições gerais do seu seguro, em que estarão detalhados os itens não cobertos, também conhecido como riscos excluídos ou prejuízos não indenizáveis, descrevendo todas aquelas situações específicas e particulares que a Seguradora não terá responsabilidade contratual. Aqui relacionamos alguns exemplos de exclusões:
– Comissões e lucros e Royalties com relação a comissões;
– Qualquer período durante o qual produtos não teriam sido produzidos ou operações comerciais ou serviços mantidos por qualquer motivo que não seja dano ou perda material;
– Quaisquer aumentos na perda devido a suspensão, cancelamento ou lapso de qualquer contrato de locação, contrato, licença ou pedido, nem qualquer perda devido a multas ou danos por violação de contrato ou por cumprimento atrasado ou cumprimento de pedidos ou penalidades de qualquer natureza;
– Despesas extras incorridas por danos a produtos acabados fabricados pela sua empresa nem o tempo necessário para sua reprodução.
– Quaisquer despesas extras decorrentes de perda ou danos a bens em trânsito.

 

Como a Tuia Seguros está mudando as regras do jogo!

Aqui você encontrará soluções personalizadas para sua profissão, o que nos permite oferecer um produto customizado, com amplas coberturas que proporcionam o conforto e a tranquilidade necessários.

Com a personalização, além da simplificação e da consultoria especializada da Tuia Seguros, você terá o benefício de redução do valor do seguro por ser feito sob medida, sem obrigação de contratar coberturas adicionais que você não precise, e ainda há a conjugação de várias coberturas em um mesmo seguro.

Compartilhe: